Algumas fotos da exposição

Como parte das ações culturais desenvolvidas pelo Ministério das Relações Exteriores, o Museu de Arte Brasileira da FAAP realiza, a partir do dia 07 de agosto, a exposição "Encontros e Reencontros na Arte Naïf: Brasil-Haiti"

 

A mostra reúne 106 obras do acervo do Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil (MIAN), o maior do mundo no gênero, localizado no Rio de Janeiro e conta com a curadoria da Diretora do MIAN, Jacqueline Finkelstein. Dois critérios foram observados na seleção: a qualidade e a representatividade das obras. São 100 telas, 2 estandartes e 4 esculturas em madeira e ferro batido, que apresentam um pouco da cultura, da história, das festas, do folclore, do cotidiano e da religião do povo haitiano e brasileiro.

Segundo o Presidente-fundador do MIAN, Lucien Finkelstein, “o que surpreende ao primeiro olhar é descobrir na pintura naïf dos dois países o mesmo prazer e a mesma alegria de pintar transmitida pelos seus artistas. Em seguida, a sua ingenuidade, a sua simplicidade e franqueza absolutas”. Para ele, o fato mais marcante da mostra é o colorido especial de cada obra. Tropical, quente, sedutor e com tons muito familiares.

Após ter selecionado as obras de alguns dos mestres da pintura naïf haitiana, o MIAN procurou no seu acervo quadros que pudessem mostrar o contraponto na arte naïf brasileira. Às vezes é o tema que as aproxima, outras vezes apenas o colorido. A semelhança dessa emoção pura e ingênua será apresentada ao visitante através das obras expostas no MAB-FAAP.

"Encontros e Reencontros na Arte Naïf: Brasil- Haiti"

Local:
Museu de Arte Brasileira da FAAP
Rua Alagoas, 903 - Higienópolis
Data: 07 de agosto a 04 de setembro de 2005
Horário: de 3ª a 6ª, das 10h00 às 20h00
Sábados, domingos e feriados, das 13h00 às 17h00
Informações: (11) 3662-7198
e-mail: museu.secretaria@faap.br
Visitas educativas: de 3ª a 6ª, das 10h00 às 20h00.
Sábados, Domingos e Feriados, das 13h00 às 17h00.
Entrada Gratuita