Notícias

Estudo Mídias Sociais 360° (#MS360FAAP) revela que as Empresas ainda preferem postar Imagens a Vídeos no Facebook

A tendência em publicar mais vídeos nas redes sociais, em relação a textos e imagens, ainda não é percebida entre as 100 empresas brasileiras com mais interações nas redes. É o que revela o último estudo “Mídias Sociais 360°”, realizado pelo Núcleo de Inovação em Mídia Digital (NiMD) da FAAP em parceria com a Socialbakers, relativo aos últimos três meses.

No segmento “Marcas e Institucional”, mais de 70% dos conteúdos publicados no Facebook – no período de abril a junho - são em forma de imagens. Já entre as páginas de “Mídia e Notícias”, mais de 70% são de postagem com links, direcionando o conteúdo para sites. O setor que mais faz uso de vídeos é o de “Entretenimento” - cerca de 25% dos seus posts.

Os dados mostram que as 100 empresas brasileiras com mais interação no Facebook ainda não mudaram suas estratégias para se adequar a uma realidade que vem se revelando: o algoritmo da rede social de Mark Zuckerberg está privilegiando publicações em vídeo.

A pesquisa é realizada a cada três meses e mede o desempenho das 100 maiores marcas brasileiras presentes no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube, em número de seguidores. Os relatórios são divulgados no site www.faap.br/ms360faap.

YouTube

O YouTube continua ganhando espaço, como já havia revelado os estudos anteriores. No segundo trimestre deste ano, os vídeos das 100 principais empresas tiveram, em média, 547.933 visualizações. No período imediatamente anterior, o número médio havia sido de 409.831.

Porém, ele ganha maior relevância na comparação com o mesmo período em anos anteriores. No segundo trimestre de 2016, a média de visualizações era de 224.452, e em 2015, de 162.658.

Instagram

A comunicação por imagem tornou-se uma importante ferramenta para dar visibilidade às marcas.

Os números da plataforma mostram um crescimento significativo. As 100 empresas mais representativas tinham, em média, 808.444 seguidores no primeiro trimestre deste ano. Já em abril, maio e junho, o número subiu para 901.324 - enquanto no segundo trimestre de 2016, era de somente 488.146 seguidores.

Outros destaques

O estudo Mídias Sociais 360° (#MS360FAAP) é composto por diferentes gráficos nos quais pode-se enxergar o comportamento das marcas - dos setores de Mídias e Notícias, Bens de Consumo, Entretenimento, E-Commerce e Marcas/Institucional - e de seus seguidores.

Publicado em 03 de agosto de 2017

Topo