Fundação Armando Alvares Penteado
  • Português
  • Inglês
  • Francês
  • Espanhol
MAB - Museu da Arte Brasileira FAAP

Setor Educativo

« Voltar à página anterior

O que é uma visita educativa?

Uma visita educativa é, antes de mais nada, um encontro. Um encontro do visitante com o museu, do visitante com a obra, do visitante com o educador e do educador com o museu e com a obra através do olhar trazido pelo visitante. Existe um caráter educativo porque existe, em primeiro lugar, um encontro, o ato de aproximar elementos estranhos entre si (museu, obra, visitante e educador) na tentativa de extrair um significado desta aproximação.

Mais do que educar, ou seja, propagar ou transmitir conhecimento, instruir, ensinar, solucionar ou apaziguar dúvidas, uma visita educativa serve como superfície de contato entre pontos teoricamente distantes, como início de diálogo que pode começar, terminar ou passar pelas obras.

O educador não é mediador. Não está mediando, não está no meio entre obra e visitante, facilitando um diálogo ou entendimento. O educador é a terceira parte de um triângulo composto também por visitante e obra, dialogando junto com os dois terços, e não prensado entre eles, limitado a falar apenas da obra ou da exposição.

Sendo o educador um interlocutor, a visita educativa no MAB adquire o caráter de construção em conjunto de uma reflexão crítica. Esta experiência pode se dar de diversas maneiras, sejam elas do fazer, do contemplar e refletir, do dialogar, do ouvir etc. Ela também pode se dar a partir de diversos dispositivos educativos, sejam textos de apoio, jogos, atividades ou outras propostas elaboradas pela equipe educativa que visam fornecer informações adicionais ou deslocar pontos de vista iniciais.

O perfil do visitante é fundamental para o desenrolar de uma visita. No MAB, atendemos tanto grupos que agendaram sua chegada com antecedência quanto o público espontâneo, que vem ao museu sem aviso prévio. Se com visitantes espontâneos a conversa flui a partir da troca que se dá no momento, a partir de expectativas e necessidades que aparecem durante a visita, nos grupos agendados podemos nos preparar com antecedência e planejar a partir das demandas que nos são dadas, podendo envolver um recorte que contemple determinados assuntos pertinentes ao grupo ou uma atividade prática.

As atividades práticas têm como objetivo proporcionar a experiência e reflexão através do próprio fazer. Investigar e descobrir junto ao grupo quais as sensações e inquietações que surgem somente através da interação com o material, ao passo em que nas visitas reflexivas podermos, por meio da obra, discutir nosso papel na sociedade e no ambiente que nos cerca.

Existem ainda outros projetos do educativo do MAB, que vão além da visita educativa, cada um deles resultando em experiências específicas. No MAB Escola, oferecemos visitas aos profissionais de instituições de ensino onde pensamos as interseções entre museu e escola, entre ensino formal e informal. Em nossa parceria com a EMEI Monteiro Lobato, atendemos crianças de 4 a 6 anos, muitas vezes em sua primeira visita a um museu. Neste caso, a visita ao espaço expositivo é apenas uma parte do todo, que conta com uma maior atenção ao acolhimento, às atividades práticas e ao potencial lúdico latente ao museu.

Para agendar uma visita, você pode entrar em contato conosco através do e-mail museu.educativo@faap.br , telefone (11) 3662.7200 ou pessoalmente no setor educativo do museu.


Top