Fundação Armando Alvares Penteado
  • Português
  • Inglês
  • Francês
  • Espanhol
MAB - Museu da Arte Brasileira FAAP

MAB Centro

Sobre o Edifício Lutetia


O edifício, de propriedade da FAAP, é um projeto de Ramos de Azevedo, inaugurado na década de 20. Exemplo marcante da arquitetura que predominou no centro paulistano na primeira metade do século XX, o Lutetia é um verdadeiro símbolo histórico. Em 1992, foi tombado pelo Conselho Municipal de Preservação - CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo), conforme resolução 37/CONPRESP/92.

A construção faz parte de um conjunto de três prédios independentes com uma fachada única, tendo 8 pavimentos, mais o térreo e o subsolo, em um terreno de 256m2.

A iniciativa da FAAP de restauração do Lutetia, que tem o apoio da Prefeitura, da Emurb, do DPH e da ONG Viva o Centro, tem como objetivo promover a revitalização do Centro e incentivar a visitação dos transeuntes.

Desde fevereiro de 2004 (quando se comemoraram os 450 anos da cidade de São Paulo), o prédio ganhou um novo espaço cultural destinado a abrigar exposições: o MAB-Centro.

O local também abriga a Residência Artística FAAP, destinada a artistas brasileiros e estrangeiros que atuam nas áreas de artes, comunicação e arquitetura.

Os selecionados ficam por alguns meses hospedados nos dez amplos estúdios existentes no Lutetia, desenvolvendo projetos artísticos e transmitindo suas experiências e conhecimentos aos alunos e professores da FAAP. Posteriormente, também é aberta a possibilidade de expor seus trabalhos no MAB-Centro.

Esses espaços (69m2 ou 79m2) foram totalmente reformados e mobiliados. O prédio oferece a estrutura necessária para os moradores: segurança 24 horas, lavanderia e almoxarifado, sala de convivência, futuras instalações de uma livraria e uma grande sala de múltiplos usos (ateliê coletivo, reuniões e encontros, palestras e discussões, projeções, entre outros).

Top