Exposição
Artes visuais: experiência e transformação

Data
de 26 de fevereiro a 30 de junho de 2013

Horário
Terça a sexta, das 10h às 20h
Sábados, domingos e feriados,
das 13h às 17h
(Fechado às segundas, inclusive quando feriado)

Local
FAAP – Prédio 1
Endereço: Rua Alagoas, 903
Higienópolis São Paulo – SP

Como chegar

Informações: (11) 3662.7198

Agendamento de visitas educativas: 3662-7200

Entrada Gratuita

Galeria (clique para ampliar)


A partir de 26 de fevereiro, o Museu de Arte Brasileira da FAAP abre suas portas para que o público possa contemplar seu acervo sob uma nova perspectiva: a relação entre mestre e discípulo na arte.

 

Com curadoria de Maria Izabel Branco Ribeiro, diretora do MAB-FAAP, a exposição conta com 51 obras de autores como Oswaldo Goeldi, Di Cavalcanti, Luiz Claudio Mubarac, Wesley Duke Lee, entre outros.

 

O visitante terá a oportunidade de descobrir algumas linhagens de mestres e discípulos e as variadas relações que podem ser percebidas entre eles, como a existência de tradições artísticas e sua transmissão entre gerações.

 

Alguns desses artistas, em sua fase de aprendizado, tiveram contato formal com aqueles que os inspiraram, em salas de aula ou ateliês; outros se referem a eles como grandes incentivadores. Suas reações posteriores tomaram formas diversas: uns desenvolveram as propostas do mestre, outros tomaram caminhos opostos.

 

Muitos deram sequência a essa transmissão de conhecimento artístico, convertendo-se eles próprios em mestres de outros, dando continuidade ao processo da arte.

 

Um dos exemplos que ilustra todo esse processo, presente na exposição, é a de Pedro Alexandrino (1856-1942), pintor acadêmico famoso por suas naturezas-mortas, e seus alunos Anita Malfatti, Aldo Bonadei e Tarsila do Amaral.