Engenharia Elétrica

Engenharia Elétrica

O curso de Engenharia Elétrica da FEFAAP reúne, infraestrutura de laboratório e equipes de apoio relacionados às áreas de Sistemas de Potência, Automação e Controle Industrial. Com uma equipe de professores altamente competentes, o curso de Engenharia Elétrica foi avaliado com conceito 4 pelo INEP/MEC, em uma escala de grau máximo 5, qualificando-o entre os melhores cursos de Engenharia Elétrica do país no âmbito das escolas particulares. Dispondo de laboratórios modernos, convênios com empresas líderes em seus setores de atuação, principalmente nas áreas de energia e automação industrial, o curso de Engenharia Elétrica da FEFAAP se posiciona como uma referência em termos de qualidade no ensino de Engenharia Elétrica no Brasil.

Mercado de trabalho

Do ponto de vista do meio ambiente e da sociedade, compete ao engenheiro eletricista avaliar o desempenho de sistemas elétricos e eletrônicos, fazendo uso de conhecimentos especializados, além dos métodos usuais de análise e projeto em engenharia. Especificamente dentro da ênfase do curso de Engenharia Elétrica da FEFAAP, o egresso é preparado a enfrentar os desafios do uso racional de energia, lidando com as ferramentas computacionais e de análise de sinais necessárias ao adequado controle de sistemas elétricos, eletrônicos e automáticos existentes.

Na FAAP

O curso de Engenharia Elétrica da FEFAAP busca formar Engenheiros Eletricistas com uma sólida formação técnico-científica, visão humanística e capacidade gerencial para atuar em setores industriais ligados a produção, controle e consumo de energia elétrica, projeto e planejamento de sistemas de energia, bem como demais setores que requeiram forte capacidade analítica, como os ligados à eficiência e otimização de processos industriais.

Internacionalização

Parceria com diversas instituições em mais de 20 países, destacando-se George Washington University, University of New Mexico, Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Monterrey (México); Universidad de Cantábria e Universidad Camilo José Cela (Espanha); Politecnico di Milano (Itália); e Queensland University of Technology (Austrália).

Topo