FAAP Fundação Armando Alvares Penteado

A Exposição

De 17 de janeiro a 16 de dezembro de 2018, o Museu de Arte Brasileira – MAB FAAP – realiza a mostra inédita “A cor não tem fim: pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez”, com obras do artista e tapeceiro francês.

A exposição é um exemplo de primazia visual de cores, seja pela abundância e diversidade nas suas propriedades, nas múltiplas combinações e contrastes que possibilitam ou na maleabilidade para a criação de áreas, volumes e efeitos visuais, entre outras características.

Dividindo espaço com a mostra, também inédita, “P/B - Acervo MAB”, que apresenta um recorte de obras exclusivamente dominadas pelos pigmentos preto, branco e as gamas intermediárias de tons de cinza, a exposição “A cor não tem fim” ocupa a sala central do mesmo ambiente e traz ao público a recente coleção do acervo do MAB FAAP composta por pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez.

Radicado brasileiro em 1949, o artista foi um dos mais notáveis tapeceiros da segunda metade do século XX, uma vez que suas ideias e realizações passaram a distinguir artisticamente a tapeçaria produzida no Brasil. Douchez conhecia muito bem os materiais e dominava os processos técnicos de realização da tapeçaria, inserindo valores de tridimensionalidade que levam o visitante a apreciar suas realizações como esculturas de fibras.

Curadoria: José Luis Hernández Alfonso, Laura Rodríguez e Tatiana Bo.

Compartilhar Facebook Compartilhe