"A Comédia Urbana: de Honoré Daumier a Araújo Porto-Alegre"

A exposição "A Comédia Urbana: de Honoré Daumier a Araújo Porto-Alegre" conta com a curadoria de Heliana Angotti Salgueiro e apresenta um momento das relações sócio-culturais França-Brasil nos anos 1830/40, relativo à caricatura e à imprensa ilustrada.

A mostra inicia-se com imagens da vida urbana, principalmente da primeira metade do século XIX, explicando e contextualizando as comparações entre a série de litografias "Les Robert Macaires", Paris, 1836-38, de Honoré Daumier e o folhetim humorístico inspirado nesta obra e publicado com o nome de "A Lanterna Mágica", por Araújo Porto-Alegre, no Rio de Janeiro, entre 1844 e 45.

Na obra "Les Robert Macaires", Daumier faz um retrato satírico de seu tempo e uma crítica aos costumes urbanos, mostrando em caricaturas a ação de uma dupla de trapaceiros parisienses, acompanhadas de legendas de duplo sentido.

O folhetim humorístico "A Lanterna Mágica" apresenta pequenas histórias da malandragem carioca. Trata-se de uma leitura bem humorada da sociedade do Rio de Janeiro, em que são recriados personagens e situações semelhantes aos da série "Les Robert Macaires".

Cerca de 220 obras originais do século XIX são apresentadas na exposição, entre elas alguns destaques como, litografias de Honoré Daumier, águas-fortes e óleos retratando a cidade e teatros de Paris entre 1830-1840, mapas, periódicos, fotografias e livros ilustrados. A maioria do material exposto é proveniente da Maison de Balzac, da Ecole Nationale de Beaux Arts e Museu Carnavalet em Paris, da Biblioteca Nacional, Museu Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro, da Biblioteca Mário de Andrade, do IEB-USP, bem como de colecionadores particulares.

A mostra exibe, ainda, 04 lanternas mágicas procedentes da Cinemateca Francesa. Estes instrumentos, antecessores do cinema e dos diapositivos, eram usados em espetáculos ambulantes de projeção de imagens pintadas em placas de vidro. Segundo os textos da época, estes objetos apresentam-se sob uma metáfora ambivalente: "exibem a verdade sob todas as luzes" e "são criadores de ilusão".

"A Comédia Urbana" possibilitará que o público conheça a vida e a produção artística de Daumier e de Porto Alegre, assim como, visite os aspectos de Paris e do Rio de Janeiro da época e descubra novas relações entre a arte brasileira e a francesa do século XIX.

Exposição " A Comédia Urbana: de Honoré Daumier a Araújo Porto-Alegre"
Local da Exposição: Museu de Arte Brasileira - FAAP
End: R. Alagoas, 903
Data: De 27 de abril a 22 de junho
Horários: De 3ª a 6ª feira das 10h00 às 21h00
Sábados, domingos e feriados das 13h00 às 18h00
Entrada Gratuita


 
"indique esta exposição para um amigo"