FAAP FAAP

50ª ANUAL DE ARTE FAAP

REGULAMENTO DA 50ª ANUAL DE ARTE FAAP

DO OBJETIVO

1. A Fundação Armando Alvares Penteado, dando continuidade à Anual de Arte FAAP realizada pela primeira vez em 1965, abre as inscrições a todos os alunos matriculados e que estejam frequentando, regularmente, as Faculdades e os Cursos da FAAP.
A exposição tem por objetivo incentivar, estimular e divulgar a atividade artística como manifestação integradora da visualidade contemporânea.

DA INSCRIÇÃO E DA ENTREGA

2. Para a inscrição na 50ª Anual de Arte FAAP, os interessados deverão preencher suas fichas de inscrição online (http://www.faap.br/50anualdearte/pdf/ficha-inscricao-50-anual.pdf).

3. Os trabalhos serão recebidos nos dias 10 e 11 de setembro, das 10h às 14h e das 17h às 19h, na sala 112 - primeiro andar do Prédio 4.

4. Serão aceitos somente os trabalhos devidamente desembalados, acompanhados do recibo de inscrição e das etiquetas geradas no formulário online, além de toda a documentação e informação necessária para apresentação da obra à Comissão de Seleção, não podendo ser complementada posteriormente e fora do prazo aqui previsto.

5. A FAAP não se responsabilizará por qualquer perda ou dano, a não ser os decorrentes do manuseio por seus funcionários, durante o período de preparação e da exposição, devendo o seguro, referente a esses trabalhos entregues, ser feito pelos autores dos mesmos, às suas expensas, caso haja interesse.

DOS TRABALHOS

6. Cada aluno ou grupo de alunos poderá inscrever-se com até três trabalhos ou propostas, sendo que apenas um deles poderá ser um projeto de instalação, intervenção, ocupação, performance ou linguagens similares.

6.1 No caso de instalação, intervenção, ocupação, performance ou linguagens similares, somente serão aceitos projetos devidamente acompanhados de desenhos técnicos e/ou fotos, e de planta, em escala, com indicação de possível localização no espaço do Salão Cultural, além de metragem e necessidades técnicas previstas, bem como do memorial descritivo e protocolo de montagem.

6.2 Performances e linguagens correlatas também deverão ser inscritas por meio de projeto, com indicação de espaço físico necessário, bem como horário e possível calendário para realização, previamente programados ou sugeridos, para apresentação no Salão Cultural.

6.3 Para os trabalhos inscritos que necessitem de molduras ou suportes similares, estes serão de exclusiva responsabilidade do aluno, e deverão ser entregues nessa condição.

6.4 Os trabalhos selecionados que estejam em suportes eletrônicos (vídeo, dvd, filme, animação e outros) deverão ser entregues em duas (2) cópias editadas e idênticas ao original, até o dia 22 de outubro, no horário das 10h às 18h, no Museu de Arte Brasileira da FAAP, em um pendrive formatado para PC, em .mov, com codec Mp4 ou H264 no tamanho mínimo de 1280x720.

6.5 Imagens só serão aceitas em arquivo JPG, PNG, TIF.

6.6 Caso os trabalhos necessitem de equipamentos elétricos, eletrônicos ou de informática, os mesmos serão de responsabilidade do aluno, incluindo seu transporte e retirada, bem como manutenção durante o período da exposição, previamente comunicados ao Museu. Excepcionalmente - e nesse caso o selecionado será comunicado com antecedência -, o Museu poderá obter os equipamentos emprestados, na Fundação e, nessa condição, se responsabilizará por eles ao longo da montagem e exposição.

6.7 As obras que necessitarem de montagens especiais deverão ser acompanhadas de todas as especificações e instruções necessárias (por escrito), bem como de projeto detalhado.

6.8 No caso do projeto objetivar o uso de outro local que não o determinado – Salão Cultural -, esta informação deverá estar especificada e detalhada no projeto encaminhado para a seleção, assim como as condições de montagem e apresentação. A Comissão de Seleção deliberará sobre a viabilidade de execução do projeto, ouvidos previamente os setores envolvidos, para sua possível seleção.

6.9 Uma vez aceito, nenhum trabalho poderá ser retirado, pelo selecionado, antes do término da exposição.

DA SELEÇÃO

7. Os trabalhos serão selecionados por uma Comissão de Seleção composta por 04 (quatro) integrantes, sendo o Coordenador dos Cursos de Artes Visuais e mais 03 (três) professores, em exercício, que tenham se apresentado para exercer a função e desempenhar as atividades inerentes a ela, sendo que dois deles serão votados pelos alunos inscritos, e o terceiro será indicado pela FAAP.

8. Os inscritos, e seus respectivos trabalhos selecionados, serão conhecidos no dia 18 de setembro de 2018, no site da FAAP www.faap.br/museu/anual-artes.asp

9. A Comissão se reserva o direito de selecionar o número de trabalhos que julgar pertinente, tanto no que se refere ao total de obras inscritas, quanto ao conjunto de um mesmo artista. Para obras seriadas, ou situação similar, a Comissão poderá indicar no processo de seleção uma alteração (por exemplo, uma redução no conjunto apresentado), caso em que o inscrito será previamente consultado para confirmar se aceita ou não a proposta e, como consequência, a sua participação nessa edição da Anual.

DA DEVOLUÇÃO

10. Os trabalhos não aceitos pela Comissão de Seleção deverão ser retirados, impreterivelmente, nos dias 19 e 20 de setembro, das 10h às 14h e das 17h às 19h, mediante apresentação do protocolo de inscrição, no mesmo local da inscrição: sala 106, primeiro andar do Prédio 4. A retirada implica no reconhecimento da integridade física da obra.

DA EXPOSIÇÃO

11. A exposição acontecerá no Salão Cultural da FAAP, no prédio 01, no período de 29 de outubro de 2018 a 20 de janeiro de 2019, nos horários de funcionamento oficial do Museu de Arte Brasileira da FAAP.

12. Os trabalhos aceitos e expostos na 50ª Anual de Arte FAAP deverão ser retirados nos dias 21 e 22 de janeiro de 2019, no Salão Cultural da FAAP, das 10h às 18h, mediante apresentação do protocolo de inscrição.

13. A FAAP não assumirá qualquer responsabilidade pela integridade dos trabalhos não retirados nas datas determinadas, ficando os inscritos cientes de que, após 22/01/2019 as obras não retiradas poderão ser entregues em doação, sem que caiba aos autores o direito de reivindicá-las.

DA PREMIAÇÃO

14. A Comissão de Premiação, indicada pela Fundação, será constituída por profissionais com reconhecida atuação na área, e outorgará os prêmios, a partir da visita à exposição e de deliberações em reunião privada.

15. A premiação será divulgada na abertura da exposição e, por isso, solicita-se a presença de todos os selecionados.

DOS PRÊMIOS

16. Todos os trabalhos selecionados participarão do processo de premiação instituído pela Fundação Armando Alvares Penteado e que compreende: 3 (três) Bolsas de Estudo de 90%, 2 (duas) Bolsas de Estudo de 75%, 2 (duas) Bolsas de Estudo de 60%, válidas para o ano seguinte ao da premiação e por um período de 01 (um) ano.

16.1 As Bolsas de Estudo poderão ser utilizadas em quaisquer cursos (graduação, pós-graduação e extensão), cujas turmas sejam oferecidas pela FAAP, sendo intransferíveis, e serão conferidos ao autor do projeto ou da obra, sendo vedada sua conversão em valor pecuniário.

16.2 Caso haja mais de um autor, o prêmio será dividido igualmente entre eles, ou excepcionalmente poderá ser atribuído a um ou mais integrantes do grupo premiado, mediante desistência e declaração expressa, do(s) desistente(s), em favor do(s) contemplado(s).

17. Dentre os trabalhos premiados, uma Comissão especialmente designada pelo Museu de Arte Brasileira e a FAAP poderá escolher, a seu critério, um ou mais dentre eles, que serão incorporados ao acervo do Museu. Neste sentido, os premiados concordam, ao se inscreverem no processo, com os termos da premiação, que poderá incluir a doação e a cessão dos direitos sobre a(s) referida(s) obra(s), inscrita(s), para a seleção.

DISPOSIÇÕES GERAIS

18 A inscrição implica no conhecimento do presente Regulamento e concordância com os seus termos e determinações.

19 Os participantes autorizam expressamente o uso das imagens feitas no decorrer do processo de seleção e durante a Exposição, para fim de divulgação de fotos e transmissão interna e externa para os seus alunos e público em geral, através de seus canais de comunicação TV FAAP, Rádio FAAP, Revista FAAP e páginas da FAAP na internet (site FAAP / Facebook / Twitter/ Google+).

20 Os casos omissos serão analisados pela Coordenação do Curso de Artes Visuais, da FAAP, ou por um representante nomeado pela Fundação.